Fatalmente Ela

Não conheçam essa mulher, pois pode ser fatal.
Sua beleza convence, mas seu poder e sua sensualidade é muito peculiar.
Domadora de corações.
Ela olha para homens e mulheres como presas, como desafio e os enfeitiça sem sair do lugar.
Típica leonina, seu hobby é encantar, sua profissão é seduzir e sua missão é reinar.
Quando ela chega, invade e toda nuance local se transforma.
A vibração de seu corpo toma o espaço e essa energia toca a todos como uma corrente elétrica. Cada fio de cabelo se arrepia, a espinha estremesse, os corpos se aquecem e transpiram. E esses corpos alimentam o brilho dela.
É só olhar, ela está iluminada, pegando fogo.
Com os olhos cerrados, sua boca fechada com um sorriso sarcástico desenhado, quase zombando dos presentes. Como uma predadora que brinca com sua isca.
Os lábios volumosos se entreabrem, ela masca o chiclete umas duas ou três vezes, enquanto analisa a reação de todos os  hipnotizados.
As mulheres se inspiram, outras ficam com inveja e outras se escondem.
Os homens enfeitiçados só a acompanham com o olhar, com medo, com vontade e com muitos pensamentos proibidos.
Ela olha pra baixo, respira e mexe nos cabelos. Caminha por todo o salão e encontra um lugar para se sentar. Afinal, agora ela precisa de espaço, já conseguiu o que queria.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Quando fui insuficiente e suficiente fui

HUMILDADE ...

Amor fechado