Hipnose

Eu quero que minhas palavras lhe causem o mesmo efeito que uma foto, uma dança, uma arte, uma paisagem ou qualquer outra experiência.
Eu quero que você viva suas experiências e quero assisti-las, porque mesmo não as vivendo posso descreve-las.
A minha sensibilidade é fina e vivo qualquer coisa só fechando os olhos.
Tenho alma de menina e sei sonhar.
Se você quiser saber como é voar, posso te fazer voar.
 Leia e destranque o coração e o pensamento.
Suspire, fundo.
De novo.
Sinta o ar, sua temperatura, encha seu pulmão, mas também seu coração.
A pressão nas sua veias vai ficando um pouco mais fraca e seu sangue um pouco mais frio.
O medo aparece, sua garganta seca, você se sente em um grande vazio.
Seus olhos podem ver seus pés e metade do seu corpo subindo entre pinheiros.
Os galhos descendo, cada vez mais rápido.
É vertigem.
O estômago embrulha, mas a adrenalina preenche e você se acalma, se alegra e invade.
Ganhe altitude.
Tudo está leve, seu corpo está gelado e sua cabeça...
Está comigo.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Quando fui insuficiente e suficiente fui

HUMILDADE ...

Amor fechado