A volta por cima em poema


Alô, oi como vai?
Não pedi para você não me ligar?
Vou ter que chamar o meu pai.
Se você não conseguir parar.
Por que agora quer voltar?

É agora você de fato se tornou meu ex
Você perdeu a sua vez
Que não soube aproveitar.

Sumiu sem discurso.
No meio de todo o percurso
Terminou e me deixou
E no final descobri que com outra ficou.
E nem fez questão de esperar.

Você mentiu, fugiu
Omitiu e desmentiu
Você sorriu e fingiu que não me viu.

Eu chorei, sufoquei e bebi.
Fumei, viajei e sorri.
Fiz muitos amigos até que conheci
Um amor que me fez feliz

Ai você volta e vê minha felicidade
Entendeu que perdeu o lugar
E volta com a maior naturalidade
Pedindo pra voltar.
Tenta até se humilhar
Se ajoelha a implorar

Que isso? Sai do chão!
Sem drama, sem papelão.

Com você não volto não
Me fez de idiota sem coração

Só fiz sentido quando você perdeu
Só que agora o problema é seu
Hum, essa doeu!

Vê se cresce e amadurece
Quem vive para curtir envelhece


De você quero distância
Chega até me dar ânsia.
Toda essa extravagância

Vê se me esquece.
Não me liga.
Não aparece
E não me diga
Que precisamos conversar

Só tenho mais duas coisas para te falar
Chore tudo que você não me viu
Chorar.
E não me vem falar de amor
Por favor !


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Quando fui insuficiente e suficiente fui

Amor fechado

Amor a primeira vista