Ser linda e Emagrecer, eis a imposição !


Não precisamos ter uma lâmpada mágica para saber que um dos maiores "problemas" da vida de uma mulher é em relação a sua aparência.
Está bem manjado falar também, que não só emagrecer, mas estar na "moda" seguir um padrão imposto pela mídia e pelo mercado, causando na mulher uma angustia sem tamanho quando pretendem se adaptar à esse padrão, porque se não estão "over" e pior ainda são feias.

E eu concordo que isso realmente atrapalha a autoestima da mulher, muitas vezes eu já me peguei em um momento "deprê", brigando com minhas celulites e flacidez.
Onde está o erro em tudo isso?

Nesse movimento estamos criando uma rival, nós mesmas. Nós acabamos venerando o corpo, a roupa e o comportamento das nossas "divas" e nos odiando por não sermos como elas. Percebem a gravidade disso? Quando nos "odiamos", podemos até tentar lutar para nos amarmos mais fazendo dieta, massagens ou nos matando na academia, mas no final nunca teremos o corpo das nossas referências (até porque não estamos dentro de um computador usando photoshop 24h).
Esquecemos muitas vezes de vermos nossas qualidades como um todo, ao invés de um furinho no meio de um "monte de bunda, de curvas e beleza", fazendo com que  automaticamente nos"descartarmos", como se fossemos qualquer produto dentro de uma industria. O que as vezes de fato é verdade.
Especialistas falam em hábitos saudáveis, qualidade de vida!

Veja só, é com isso que eu concordo. Hábitos saudáveis!

Ah Aline, mas eu não consigo comer linhaça, chia, quinoa e muito menos viver de saladas e frutas. E quem disse que só isso é saudável?
Você sabe o que quer dizer saúde?

Saúde é um equilíbrio físico e mental. Você seria feliz comendo só alimentos apropriados? Não! Pois é isso poderia afetar o seu humor, te estressar, baixando sua imunidade e TCHARAM! PATOLOGIA.

Óbvio que comer batata frita, refrigerante vão refletir no seu corpo de alguma forma, mas é sua escolha certo?

Antes de qualquer coisa precisamos pensar e entender "QUEM SOU EU?". Eu amo ser quem sou? Como é meu corpo? Eu posso me amar assim? O que me faz mais feliz? Quais são meus limites? Eu tenho uma vida saudável e um bom funcionamento do meu organismo?

Quando respondemos essas perguntas e sabemos o limite que podemos exercer sobre nossas vontades, planejamos nossas expectativas e descobrimos quem somos e quem poderemos ser, enfocando na saúde mental e corporal.

A saúde sempre em primeiro lugar e como reforcei ela é o equilíbrio.

Outra pergunta a ser respondida é :

Por que você quer ser bonita como as modelos e as atrizes? Por que você quer ser loira, morena ou ruiva se o seu cabelo nasceu com determinada cor? Você quer se amar mais ou espera ser mais amada?

Aí eu vejo mais um erro e motivo de estresse: "Quando esperamos ser mais amadas."
Conheço mulheres que nunca cortaram o cabelo curtinho porque o marido não acha bonito, vivem em rotinas alucinantes de academia para agradar o namorado e no final não tem paz. Não tem paz porque sempre estão tentando agradar as outras pessoas e sempre estão descontentes com elas mesmas e cansadas. Da mesma forma conheço mulheres que pintam e se vestem na moda em uma tentativa de serem "aceitas". Como aqueles filminhos de adolescentes que a mulher feia e nerd, fica linda e gostosa depois de uma transformação e é aceita. E na realidade ninguém vê que ela não se tornou especial porque ficou bonita, mas sim a inteligência, sabedoria em relação com a beleza. Até porque ela só era a mocinha por ser "boa".

A Cinderela não era especial porque se tornou bonita, ela ficou bonita porque era especial.
O conjunto da obra sempre faz toda a diferença! As vezes mulheres são mais bonitas por estarem e harmonia, em tudo! Não significa se você tem um nariz maior que o "padrão" que você seja feia, pelo contrário as vezes mais bonita! Vou dar exemplo !




Blake Lively da primeira foto, a atriz de Gossip Girl tem o nariz grande, mas em nenhum momento acho ela "mais feia" que a Taylor (segunda foto) que tem traços perfeitos ( para falar a verdade acho ela até mais bonita.). Claro que beleza é gosto e quando existe um mar de pessoas nesse mundo, existem muitos gostos diferentes.

Estar bem consigo mesma sempre faz toda a diferença, ser sexy e alegre faz você se destacar no meio da multidão! Não importa se você é gorda, magra, usa óculos, tem nariz grande, boca pequena, tem estrias,  tem mais espinhas ou menos! Se cuidar sempre é bem vindo, desde que esteja feliz e saudável!

Espero que você repense sobre seu potencial e beleza, se adaptando a ele e não a outras mulheres. Afinal você é linda!









1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Quando fui insuficiente e suficiente fui

Amor fechado

Amor a primeira vista