Os deliciosos começos. (Fase da conquista )

Estar solteiro é ser livre e ao mesmo tempo estar vulnerável á um campo minado onde um olhar pode explodir dentro de você hormônios que automaticamente lhe geram desejo e desafio.
Desafio de atrair o mesmo olhar que te roubou a atenção. 
Você pode estar em qualquer lugar, mas vai tentar se fazer notada mesmo que sutilmente. Algumas passam mais as mãos nos cabelos, outras sorriem mais, falam mais alto, encontram algumas vezes no meio da balada, procuram o olhar ou simplesmente torcem para você ser para o outro a mais interessante no local. 
O problema e talvez a grande solução começa quando você é o(a) escolhido(a). 

E ai sua sorte está lançada. 

Você não sabe quando o primeiro beijo acontecerá e seu coração bate horrores enquanto observa os lábios da pessoa quase que involuntariamente. Seu toque da pequenos choques e meu Deus porque você não consegue parar de rir? Você pensa em se controlar para ter um papo mais cabeça e maduro, afinal ninguém está ali de bandeja. 

Quando o primeiro beijo não rola, as coisas ficam mais interessantes e ao mesmo tempo inseguras. O celular que ficava na cabeceira fica na sua mão embaixo do travesseiro. Você pode ficar os primeiros dias dormindo mal e se ele não ligar com certeza deve ter outra mulher (homem) em jogo. 
É quando você desencanta, seu celular volta para o cantinho dele sendo carregado normalmente. Você dorme e apaga de novo até que "panpanpanpan panam". Você ouve esse som dentro da sua cabeça, seu sono está profundo, ai você toma um pouquinho de consciência, desperta um pouco e ai lembra da possibilidade de quem estaria enviando a mensagem e da um salto da cama arrancado celular e o carregador ao mesmo tempo. A tela de desbloqueio é quase que um carma. E lá está a mensagem que geralmente é um oi ou perguntando se você está dormindo. "Claro que não, estou 3 horas da manhã assistindo série no netflix" Você deita na cama com o sorriso do coringa, apertando o celular e talvez batendo os calcanhares no ar. 
E aí você acaba com seu crédito com muita felicidade trocando mensagens e indiretas pelo celular.
As coisas começam a tomar forma, as saidinhas são constantes e no pacote as mais novas inimigas e ex esperançosas que jogam olhares de ódio ou de desdém.Você ainda não liga porque ta na corrida pelo pote de ouro.
Ai vocês se beijam. Conhece sua nova turma das saidinhas de sábado. O ouro está ali na sua frente e você simplesmente não sabe como gastar ao mesmo tempo que tem medo de perder. E agora? Como faço para continuar sendo a escolhida e me manter merecedora do pote de ouro? A fase das migalhas começa, para você não se apaixonar mais, para não assustar o outro e sabe lá mais para que? Ah e agora as inimigas fazem sentido, porque você não sabe exatamente o que elas significam para o seu novo tesouro.
Você descobre que tem muito para conhecer, muito para conquistar e a insegurança mora ao lado. Ciúmes são bem comuns nessa fase, mas se ele é reciproco então temos um sinal.

Temos medo de estarmos tão felizes.

Mas eu acho que é uma das fases mais emocionantes e deliciosas.
Justamente por ser uma loteria, por ser cativante e pela esperada infindável da frase: eu te amo. 
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Quando fui insuficiente e suficiente fui

HUMILDADE ...

Amor fechado