Eu te vejo


Eu te vejo
Como uma alma transparente.
E foi exatamente isso que fez eu me apaixonar por você.
A cor dos seus olhos, o jeito como sorri.
O jeito como se mexe e passa a mão nos seus cabelos.

Quando te vi tive certeza que Deus nos fez com o mesmo propósito
Ser capaz de te ler é um talento nato
Conviver com seus defeitos me fazem achar graça
Pois sei reconhecer cada deslize meu
O momento e a palavra exata que te feriu
E consigo te provocar quando quero
Mas nada disso é com intenção de te ferir
Só chamar sua atenção


Nossas almas flutuam em um mesmo plano
Nossa caminhada é feita com as mãos apertadas

Mesmo se eu estivesse com outra pessoa
Seu rosto sempre viria a minha mente
Como se estivesse em uma canoa
Remando em outra direção
Sempre vendo você à minha frente

Você é o equilíbrio da minha vida
Pois só você reconhece meus limites
Sabe como me incentivar
Como me fazer crescer.
Amadurecer.

Me faz ver a cor do mundo
Sentir o perfume das flores
Com você fico mais vivo
Pois é o alimento da minha alma

Sabe como me amar sem me fazer alguém acomodado
Você é metade de mim

Não, sou eu inteiro.
Por isso sou capaz de te ver

Você nunca será meu fim
Mas, será cada recomeço.
Meu infinito
Meu morrer de amor


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Quando fui insuficiente e suficiente fui

HUMILDADE ...

Amor fechado