Que eles não se encontrem

Você fantasia porque se não pode causar um problema sério para sua vida e para várias outras.

Ele pode estar com quem for, apaixonado ou não, mas só você tem o veneno que ele gosta de beber.

Você é aquele blues que quando toca, toca a alma.

Ele fica alucinado mesmo negando.
O pior é que ele precisa se convencer.

Tudo acaba ficando nas entrelinhas
Nas delicadezas do dia à dia

Não dá pra negar
A química entre vocês rola a muito tempo.

Em tempos livres e não aproveitados

Ficam tontos dentro das impossibilidades.
A garganta seca e a sede toma conta.
Um olhar basta.

Olhar uma foto é causa para mil sonhos proibidos.

Ela não tem a mesma liberdade de antes para ligar e dar a entender que está na sua.
Não sabem dizer exatamente porque nada mais aconteceu entre vocês dois.

Porque bastava um perfume carregado pela brisa
 e tudo pegava fogo.

O desejo borbulha em vocês
Como as brigas intencionais de um passado intocável

Mas todos sabem que no canto dos lábios
Existe um beijo
Um beijo trocado
Guardado eternamente

No final se conhecem
O sabor, o calor e a forma do corpo.
Guardado em um canto proibido
E fechado a sete chaves.

Só que eu desejo muito
Que eles não se encontrem
Porque se não,
Eles explodirão seus mundos
Ele ou eles, ela ou elas.
Não sei.
.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Quando fui insuficiente e suficiente fui

Amor fechado

Amor a primeira vista