Verdades ocultas

Quais são as verdades que você esconde em cada poro na sua pele?
Quais verdades você nega ? E por que nega?
E por que você diz as verdades que diz?

Criamos tantas verdades para nos defender
Para justificar uma limitação dentro de nós
E de cúmplice abraçamos a tal liberdade
Que não tem nada em comum com ser feliz.

Você é livre se é feliz a questão é:
Você realmente sabe o que te faz feliz?
E o que te influencia na sua felicidade?

As vezes desconstruímos tantas leis e argumentos.
Só que na mesma frequência chega uma hora que podemos errar.
É a mesma coisa que chegar em uma casa
Que alguém viveu por anos e querer alterar os cômodos.
Você pode mudar tudo, mas pode ser que descubra que aquele
espaço realmente ficava mais confortável da forma que estava montado antes.
Conforme aquele dono antigo montou.

Porque quem tem experiência de vida entende cada ponto forte
e fraco de determinadas escolhas, simplesmente porque viveu.
Viver diz mais que leis, que religiões e que utopias.
Mas o difícil nessa situação é, que tipo de "antigo" você quer ser?

Eu vejo muitas pessoas querendo desconstruir e requalificar o amor
Dividindo amor e sexo por exemplo.
O que eu acho retrocesso à épocas primárias.
Mas eu entendo sim, que é muito difícil amar.
Porque ninguém nasce amando.
Amar alguém não é inato, é construído.
Com verdade, com força e com reciclagem.
E lembra das verdades ocultas?
São vontades ocultas, pensamentos ocultos...
Que deveriam e mereciam ser divididos.
Não precisamos amar pessoas diferentes,
Mas nos tornarmos diferentes a cada dia.
Bipolar? E por que não?
A sensação física sempre será a mesma,
o que muda é o mistério embutido na novidade
de ser diferente.

Podem falar que eu fui construída em um mundo onde existe o
patriarcado que acredita naquele amor romântico que é uma "cilada"
Cilada na minha opinião é seguir 100% os instintos
e não ouvir o que o coração tem para dizer.
Se você se envolver emocionalmente com qualquer bicho por exemplo
Jamais conseguirá se alimentar dele.
Não estou falando que o homem carnívoro é insensível
Só acho que se ele batesse de frente com essa verdade
Oculta, aos poros, ele repensaria.

Se o homem soubesse porque razão ele pensa...
Ele pensa porque é potencialmente preparado para amar.
E mesmo assim ele segue impulsos.
Que as vezes cachorros não seguem.
Ou vocês já viram cachorros abandonarem seus donos?

Controlar não é ser infeliz
Porque de novo, não é só o físico que nos faz feliz.
Drogas trazem muitos prazeres.
Mas se torna uma prisão que tem muitos momentos difíceis.
Empobrecem a vida se não há um controle.
E ai você pode perguntar, viver mais para que?
Acho que a questão não é viver mais para que...
É viver melhor.
Se não poderíamos desprezar toda a ciência.
Riscos são legais, mas ainda são riscos.

O amor não é acreditar em contos de fadas
Como pregam por ai.
Não é mesmo.
É reconhecer. Reconhecer a outra pessoa
Se ela tem características em comum e é amada até pelos seus defeitos
É achar graça dos defeitos.

Pode parecer utópico por sermos seres humanos
Mas eu repito, nosso físico não nos faz felizes
Todo o tempo.

Pensar em cilada no amor romântico pode ser pensado
em um espaço curto do tempo
Quando somos jovens, sadios e bonitos
Mas o que é a vida se não esperar pela morte?

Precisamos entender que temos fases na nossa vida.
O envelhecer faz parte dela, onde o físico é trocado
por uma imensidão de prazer no amor e na sabedoria.
A evolução é encontrar felicidade à essa altura da vida.

Para realmente ter uma possível receita do que é ser feliz plenamente
Precisamos diferenciar que não é se sentir alegre em todos os momentos
Mas fazer boas escolhas.
Até porque o que vai contra nós, nos fortalece.
Dificuldades nos fazem evoluir e sermos criativos.
Não é só o tesão.

O que te faria feliz por toda a sua vida?
O que faz parte da sua vida?
Quem é você?

Pelo que você luta?

O amor frouxo, não é prazer.
Prazeroso é ser consistente no amor
Amamos nossos filhos e eles são livres
Mas nunca deixam de ser nossos filhos.
E nunca terão outros pais.

Amar não é perecível
e não precisa ser.
O amor perecível deixa marcas
Em várias pessoas, até aquelas que
ainda nem nasceram.
Elas podem espalhar prazeres, mas também doenças.
Do corpo e da alma.

É preciso ter coragem para entender isso.
É preciso controlar os instintos
Não para se controlar e se prender
Mas para se entender, se cuidar e observar.
Aquilo que realmente é você.

Não dá pra ser feliz com prazo de validade
O que tem prazo de validade não é bom o suficiente
para ser para toda a vida.

Fazer feliz não é descartável.
Descartável é achar que se ama,
sem se permitir construir nada.

Na realidade isso não é uma verdade, mas uma mentira.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Quando fui insuficiente e suficiente fui

HUMILDADE ...

Amor fechado