Cansaço, indignação.

Eu estou cansada de ver
Estou cansada de ouvir
Estou cansada de perceber
O outro não sentir

Cansada de donos da verdade
Que se acham autoridade
E na realidade
Tem necessidade
De exaltar o ego e fazer amizade
Ajudar e transformar não é finalidade
Porque falta amor, empenho para agir com vontade

Colocam o dedo na sua cara
A sua vaidade mascara
A verdadeira intenção que não encontrara
No meio de palavras vazias que não encara
Tem medo de agir na fantasia que criara.

Está nu, costurando roupas com linhas invisíveis.
Insensíveis!

Cuidado com o que fala e com o que proclama
Cuidado com o que és e quem diz que ama
Pode cativar pessoas que acreditam
Nas palavras que ouviram
Que podem perceber que formaram uma imagem
De uma pessoa que era mero personagem.
No fundo não existe nenhuma coragem
Apenas a mesma fragilidade hipócrita
Que permite que perpetue a maldade de qualquer idiota.

Não precisamos de poder
Não precisamos de sábios como você
Precisamos de amor
Atitude
União
Humanidade.
Paz.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Quando fui insuficiente e suficiente fui

Amor fechado

Amor a primeira vista