O amor é transcendente, poderoso e infinito

Tudo nessa vida acaba, já percebeu?
Repare que eu utilizo a palavra, perceber.
É claro que nós sabemos que nossa vida acaba.
Será que a gente PERCEBE?
Com o fim dos seus dias tudo vai embora.
O dinheiro e tudo o que ele pôde comprar, no fim já não é mais seu e dificilmente as gerações que perderem ou multiplicarem seu patrimônio se atentarão em lembrar dia após dia da origem, do cuidado, do trabalho, do suor que um dia significaram e fizeram parte de você, da sua história.
Mas, o que não acaba nunca, foi o dinheiro que você usou para curar uma pessoa doente ou quando você realizou o sonho de alguém com ele, deu à alguém de comer ou fez alguém feliz. A casa que você comprou, ou alugou deixou marcas em cada espaço ocupado, as mãos sujas nas paredes, o buraco do prego que você fez para pendurar bexigas de aniversário, a janela quebrada (que mesmo depois de consertada deixou a história do treino de futebol certeiro do seu filho) e se essa casa for um dia  derrubada, o espaço que você esteve e ocupou sempre terá muito de você, mesmo que não pertença mais à sua família. Alguém algum dia parará na frente da mesma casa para relembrar dos passos, do timbre da sua voz, do seu perfume, da sua história.

A beleza da pele também acaba...
Essa que eu brigo todos os dias e que me faz correr desesperadamente atrás do colágeno de cada dia. A pele é nosso registro pessoal do tempo, um relógio discreto, mas que depois de alguns anos quer nos machucar a cada linha de expressão nova.
Machuca mesmo... Até para os mais felizes.
Beleza acaba!
Essência não acaba.
O prato mais simples, não tão bonito e barato, mas com o perfume mais gostoso convence e convida a  ser degustado, muito mais do que um lindo prato frio, decorado, quase vazio que não preenche o outro vazio de quem buscou comer.

Tudo isso para falar do amor.
Dinheiro acaba, beleza acaba e a vida também.
O que é infinito é o amor que você deixou no espaço. O amor é uma energia que se multiplica, que encanta e convence. É eterna. Todos que trabalharam muito por amor e com amor construíram pontes indestrutíveis que se lançam para o futuro.
Todo o amor dedicado às pessoas são eternos e serão sempre lembrados.
O amor te faz imortal por onde você passar. Mesmo que a sua própria vida tenha acabado. O amor te faz renascer todos os dias no coração de quem provou do mesmo.

Se preocupe menos com as coisas, com perdas e ganhos, justiças e injustiças... Se preocupe com o que te transforma e te garante eterna satisfação

Se preocupe
 Com amigos que muitas vezes tem que ir embora.
Se preocupe em acabar logo com o ciúmes, com a briga e viva intensamente o amor, porque Ele é verdadeiramente único.
Se preocupe com os outros. Porque você é importante para o mundo.
Se preocupe com sua família, la você colhe do verdadeiro amor.
Ame seu trabalho e faça a diferença. Viva o amor. VIVA o amor!












Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Quando fui insuficiente e suficiente fui

Amor fechado

Amor a primeira vista